segunda-feira, 18 de maio de 2009

A Melissa assassina devoradora de pés.

O que me fez pensar que um tênis de 10 reais não ia foder com meu pé?
" Olha só, um tênis xadrez! Eu estava querendo um tênis xadrez! Ui! 10 reais!!!!! Não acredito! É quase um insulto não levá-lo!"
E lá fui eu toda feliz com um par de tênis xadrez por 10 reais. E não era usado, era novinho! Queima de estoque na loja Alegria da Tuiuti!
Realmente, um tênis fofo xadrez por 10 reais é quase um insulto não levar, posso até não usar nos pés mas posso deixar de enfeite no quarto, já que ele está começando a triturar minha pele.
Mas ainda assim, tem coisas baratas que não se recusa! 

Tipo, não que eu tenha compulsão por coisas podres e baratas, sabe, mas é que eu me iludo com a aparência delas.
Mas também não é tudo que é caro que vale a pena.Por exemplo, uma amiga minha que amo de paixão me deu de presente uma Melissa original de veludo LINDA que eu estava querendo a dois anos. Quase tive um orgasmo quando me vi no espelho com ela! E quando usei a primeira vez, a Melissa mostrou-se ser um alienígena do mal devorador de pés. Se eu fiquei com 8 bolhas e feridas em cada pé foi pouco. Tive que usar chinelos e rasteirinhas por 2 dias seguidos, pois qualquer coisa que encostava no meu pé, doía.

Eu cheguei a colocar fita crepes e band-aids por cima diversas vezes, e ainda assim, a Melissa assassina conseguiu se infiltrar em meio às bandagens e continuou seu trabalho de cavocar minha pele. Tenho certeza que seu objetivo era chegar em meu osso, mas antes que isso pudesse acontecer eu cheguei em casa e as removi.
Penei quando tomei a decisão de dá-la para alguém.

A Renata, que trabalha comigo, calça 37 como eu, então tristemente (porém aliviada) lhe entreguei o par belíssimo de sapatilhas Melissa e comprei uma genérica de plástico por 15,00 (idêntica à original) e que é tão confortável que parece que enquanto caminho, 138 anjos massageiam meus pés.
Sim, eu adoro fazer essas comparações sem sentido.

E eu dei a Melissa pra Renata, não por não gostar dela, muito pelo contrário, porque se eu dessem teria que dar pra alguém que conheço pelo menos, e gostasse, afinal, era um presente de uma pessoa que gosto muito, e afinal, PORRA era a Melissa que eu estava DOIDA pra ter. Pensei que no pé dele a Melissa poderia ser domada e se transformar num sapato do bem, e quando ela veio me mostrar hoje que estava usando e que a Melissa não a machucava, até pensei que a sapatilha pudesse estar se convertendo, mas alguns minutos depois, Renata me aparece mostrando o início de uma bolha no calcanhar:

-Ih, Thaís, agora que eu vi, a Melissa tá começando a pegar aqui, ó. Tá vendo? Tá começando a machucar, mas por enquanto não está doendo.
Pobre Renata, mal imagina que foi assim que tudo começou.
A Melissa de veludo nos encanta, nos chama e quando estamos apaixonadas, nos devora, alimentando-se de nosso chulé e nossa pele como crianças recém-nascidas se alimentam do leite materno fodendo o mamilo de suas mães.
Daqui a pouco seus pés estarão tão machucados que ela implorará por piedade. E assim passará a Melissa adiante como eu fiz, reservando o destino cruel de outra que terá seus pés mastigados.


11 Comments:

Tha Basile said...

arghhhhhhhhhhhh

eu sou viciada em Melissas, tenho 8!!!

hahahahahaha

Clau Camargo said...

hahahahaha hilario!
comigo aconteceu a mesma coisa soh q foi na 1a vez q fui ao RJ conhecer a familia do meu marido. Eu q queria impressionar, mostrar q paulista eh descolada... me ferrei com as bolhas q a melissa da "ultima moda" fez nos meus pobres pezinhos.
Clau Camargo, amiga da Tha Basile

Messias said...

me um segredo! Todas essas coisas aconetecem mesmo??? rss

beijos...

Thais said...

ahahahahah

meu problema com as melissas não são as bolhas...é o suor que elas causam!!! quem foi o infeliz que teve a idéia de vestir plástico nos pés?????

Thaís SBA said...

Hahahahaha olha a noticia de ultima hora, a Renata acabou de chegar pra mim e dizer: Thaís essa sua Melissa filha da puta me arregaçou o pé, tirou 1 pedaço da minha pele no fim de semana!
Hhahahaha, falei que a historia ia se repetir...

Mulher do Padeiro said...

Huahuahua, a parte do chulé foi a mais sensacional!!

Anônimo said...

Vc é a melhorzinha deste blog, pois apesar de não escrever bem, tem ideias estranhas e diferentes, sai da mesmice que assola os blogs. Keep trying.

Anônimo said...

Acabo de ver o comentário de uma das autoras do blog dizendo que tem uma coleção de 8 melissas. Está explicado o pq dos textos dela serem do nível de crianças de 10 anos.

Thaís SBA said...

Hahahahaha nosso querido anônimo resolveu disparar seus "elogios" em vários textos do blog.
Infelizmente ele não sabe disfarçar que fez isso por uma vingancinha besta.
Só que em outra ocasião, ele tinha me dito exatamente o contrário, que eu escrevia bem mas que as idéias não eram tão boas!

anareis said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
bruno said...

Rsrsrsrsrsrsrs, Essa melissa deve ser prima do adidas que eu tive!!! Tenoh certeza que ele tinha prazer em matar pouco a pouco meu calcanhar e a unha do dedão e do dedinho(ta certo, depois dele, resolvi experimentar um calçado antes de comprar) rsrsrs