segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Novidades.

Tô ouvindo o meu coração, e ele diz que chegou a hora. Hoje, consigo me imaginar com 70 anos e pensando:

Me fodi um pouco, mas tive coragem.
Segui meus instintos. Fiz algo por mim mesma, só por mim, pra variar.
Dei um significado pra isso tudo.
Tive medo de falhar, de deixar em segundo plano quem me ama.
Mas eles todos me apoiaram. Me deram mais força moral. E eu segui.
Aprendi, entendi, achei o caminho. E se não fosse assim, como seria?

E 2009 foi um ano tão marcante. O ano em que eu entendi que de nada adianta ter dinheiro sem paixão. Ter emprego sem ter paixão. Ter planos sem ter paixão. Ter garantia e segurança, sem ter paixão. Diariamente. Nem que seja só um pouquinho.

E dar um rumo pra sí mesmo é mais do que saber viver, é saber morrer. Com muita, muita paixão.

8 Comments:

Chris said...

Muito bem falado, gatona linda!

Estamos nessa juntinhos...com muita paixao..rs

AMA

Chris

Mulher do Padeiro said...

Apaixone-se cada vez mais, pela vida, pelo homem da sua vida, pela sua carreira... se joga, mulé!

Muito, muito, muito feliz por você e nem sei direito o motivo!!

Beijim!

whiteposernigga said...

Ae, todos universitários de novo ano que vem!!!

=]

Thaís SBA said...

Pq? Vc vai morrer? Vai ter 1 bb? Vai voltar pra facool?

Thaty said...

com muuuuuuuuuuita paixão!!!
beijos, amora!
adorei!

Tha Basile said...

não planejo morrer nem ter um bebê tão cedo, mas do resto vc acertou, Tha...hahahaha

Telminha said...

Nossa, como sempre vc escreve muuuuito bem.

Uma ótima mensagem para entrar com o pé direito e apaixonada por tudo em 2009 !!!

Ama tb!

Bjokas

Telminha

Anônimo said...

Tha, valeu pelo seu comentário lá no Blônicas. Vim conhecer o Chá de Tarântulas. Curti muito o seu blog e esse texto. 2008 foi uma ano sem paixões, e agora que está acabando percebo que não serviu pra quase nada... Beijo e muito prazer, Giovana Madalosso