terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Lágrimas, Sol e Poesias Não-Poéticas.

Eu te enxergaria à distâncias...e mesmo assim com alguma coisa subentendida.
Eu te veria através, porém, misteriosamente escondido por trás da própria transparência.
Eu te roubaria num beijo, como aqueles beijos que nascem num segundo eterno e morrem antes da eternidade!
Eu te ganharia num toque, como aqueles toques com trilha sonora de fundo, acompanhados de um olhar vindo de baixo para cima.
Mas como as únicas coisas no mundo que não são nossas são as pessoas e como eu não te roubo em um beijo e sequer te ganho num toque, e muito menos te olho nos olhos, me contento em respirar teu perfume, contemplar teu sorriso e sentir teu mistério no espaço entre nós dois.
Silencioso como silencia a morte, encantador como encanta a vida!
Teu sorriso ilumina um mistério regado à não sei que! Um fluido de dúvidas e curiosidade, que aumentam mais e mais ao deparar-se com a contradição que são teus olhos.
Suave como um suspiro e suplicante como uma prece.
Apagando os raios solares com as lágrimas e renascendo uma manhã com um coração vazio e fascinante!
Muitos são parecidos, tantos são tão iguais. Mas só você sabe ser você.
Cristal muito mais que lapidado e muito mais brilhante do que o próprio brilho.
Teu olhar é tão triste que chega a doer na alma
E teu sorriso é tão puro que chega a escorrer no sangue!
Eu ficaria horas só falando de você.
E você lá do outro lado com o coração ocupado em amar um alguém.
Gosto de você.
Gosto de você como se gosta de um fim de tarde de quadro.
Gosto de você como se gosta de um sonho sem fim.
Gosto de você como se gosta de um retrato do céu.
Gosto de você como gosta a brisa dos mares
Gosto de você como a lua gosta do amor.
Fixaram você como tatuagem de luz lá no peito.
Perturbadora e angelical.
Assim é tua índole
Destruidora e doente
É o gosto desesperador da tua ausência.

5 Comments:

Lady Trinity said...

Achei muito linda a escrita da Thais, esse texto demonstra exatamente o que estou sentindo a respeito de uma pessoa, caiu como uma luva, valeu Thaisão, sou sua fã!
Bjks da Lady Trinity

Mesinha said...

Thas que lindo mais uma vez heim??? Fico atonito diante das coisas que você escreve... gosto demais... e como te disse seu texto/poético é atual, jovem novo e continuará sendo... porque o que é lindo não envelhece... por Deus... não envelheçamos... beijos linda!

Thaty said...

Ain, que texto mais lindo!!!! Os românticos e apaixonados foram ao delírio! :D
Amei!

Beijos, Tha!
:**

Claudio said...

Assim como todos, achei o texto muito bonito. Sentimental, no melhor sentido da palavra. Lírico.
Kisses

http://oucabem.zip.net

ThaMC_B said...

menina, vc anda tããããão
mas
tããão
romântica...rs

ADOREI, sempre.

beijo na mão.
Tha